quarta-feira, 11 de junho de 2008

DEUS - O Ser Supremo

O conceito de Deus segue a seguinte linha de Pensamento

Deus é Um, não muitos; a Terra e toda a sua plenitude pertencem a este único Deus; é o criador do universo; abaixo Dele está a hierarquia dos Òrisà, os quais recebem a incumbência de dirigir os seres humanos, administrar os vários setores da natureza, servindo de intermediários entre os humanos e Ele.

Entre o povo Yorubá, os antropônimos são muito significativos. Todo nome possui características próprias. A ninguém é dado um nome sem que haja razão para isso, e todos eles, invariavelmente, exprimem alguma história - relacionada com acontecimentos, atributos, carácter e personalidade. Os nomes dados ao Ser Supremo estão relacionados em seguida:

Olórun - É o mais comumente usado na liguagem popular e que ganhou seu valor predominante em consequência do impacto cristão e muçulmano sobre o pensamento Yorubá. É composto do prefixo OL (Oní), indicando posse ou comando, e Òrun, céu, firmamento. Algumas orações exclamatórias revelam esse pensamento: Bí Olòrun bà fé ( Se Deus quiser ) ou A dúpé l'owó Olòrun ( Nós agradecemos a Deus ).

Olódùmarè - Este nome não é de fácil interpretação como o anterior. Isso se dá porque Olódùmarê é um antigo e único nome cuja etimologia tem sido assunto de muitas suposições e debates. Consideramos que o mais certo é saber qual a idéia que o nome conota ao ser pronunciado.

O nome é composto de duas palavras e um prefixo, desta forma: OL-ODÙ-MARÊ. OL - é uma outra forma de Oní, prefixo que indica posse ou comando. Odú - possui diversos significados, pode ser interpretado também como ''Poder'' ou tudo aquilo que é muito grande ou extenso. Assim, Olódù indica alguém supremo, possuidor do cetro da autoridade e detentor do poder sobre o destino. Maré - é a contração de duas palavras, indicando algo que permanece estável, não se move ou desvia, é imutável.

Esses dois nomes, algumas vezes, são tomados juntos em exclamações: L'óju Olódùmare! L'óju Olorun ( Na presença de Olódùmarè, na presença de Olórun ) para expressar intensa emoção ou um apelo urgente.

Outras expressões são empregadas para reverenciar Deus de acordo com seus atributos:

Elédá - Senhor da Criação ( Invoca a responsabilidade por toda criação, e Ele existe por Si mesmo ).

Aláyè - Senhor da Vida ( Traz o entendimento da condição de eternidade e poder sobre a vida, ou seja, o Ser Supremo nunca morre, como na frase e dito: A kì ígbó ikú Olódùmarè. ''Nunca ouvimos falar acerca da morte de Olódùmarè'').

Elémí - Senhor do Emí ( O que dá o poder da respiração e a tira quando julgar necessário. Daí, no planejamento do futuro, costuma-se juntar a seguinte declaração: Bí elémìí kò bá gbà á. ''Se o Senhor da Vida não a tira'').

Olójó Òní - Senhor do Dia de Hoje - ( Significa que Deus está presente em todos os acontecimentos diários).

Olódùmarè é o Ser Supremo no mais absoluto sentido e sua autoridade jamais é contestada. Ele mantém o pleno controle sobre tudo, dando às divindades o poder de execução apenas dentro dos limites por Ele estabelecido. O conceito da palavra Asè está perfeitamente identificado com o poder de Olódùmarè, pois a sua enunciação objetiva pedir a Sua sanção às solicitações feitas, ciente de que as coisas acontecem quando Ele as aprova e não acontecem quando Ele as desaprova. Embora certas oferendas acompanhadas de cântigos e orações sejam dirigidas aos Òrìsà, Ancestrais e demais divindades, a aprovação dos pedidos está sujeita aos desejos de Olódùmarè. A expressão ( Ìbà á se. ''Possa isto acontecer'' ) é muito usada nas invocações.

Veja alguns exemplos de um Ìjubà ( Invocação às Divindades )


Olójó òní, mo Júbà Senhor deste dia, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Ìlà o òrùn, mo Júbà Ao Leste, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Ìwò o òrùn, mo Júbá Ao Oeste, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Àríwá, mo Júbá Ao Norte, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Gúúsù, mo Júbá Ao Sul, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Àkódá, mo Júbá Ao primeiro ser criado, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Asèdá, mo Júbá Ao criador dos homens, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Ilè, mo Júbá À Terra, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito
Esù Òdàrá, mo Júbá Exu do bem, meus respeitos
Ìbà á se Possa isto ser aceito


Essas e outras expressões equivalentes significam que tudo é em vão sem a aprovação do Ser Supremo. Nenhum ato de fé atinge o seu objetivo sem que Ele dê a sua aprovação. Como comprova a afirmação: ( Asè l'owó Olódùmarè. ''A aprovação nas mãos de Olódùmarè'').Com isso podemos entender que, embora Òsàlà seja capaz de fazer o ser humano de qualquer forma ou de cor que desejar, ou que Esù seja capaz de promover a bondade tanto quanto a maldade, eles são conscientes de que por baixo de todos os seus atos e ações há a consciência profunda de que Olódùmarè está acima de tudo e de todos com o controle de nossos problemas.

Nenhum comentário: